Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
EN PT

 

A internacionalização tem uma importância crescente para o ensino superior sendo uma consequência da globalização. A nível mundial, as instituições de ensino superior têm vindo a reforçar as suas atividades de internacionalização, sobretudo, no que se refere ao recrutamento de estudantes de outros países, mas, também, no que diz respeito à mobilidade internacional do staff das instituições e das suas atividades de investigação (CHEPS, 2013). Importa ainda salientar que a internacionalização do ensino superior envolve diversos tipos de atividades académicas e extracurriculares, incluindo o desenvolvimento e a inovação do curriculum de alunos e professores, o intercâmbio de programas académicos, a assistência tecnológica, a formação intercultural, o recrutamento de alunos estrangeiros e iniciativas de investigação conjunta.

A mobilidade de docentes estudantes é uma aposta constante da ESE-Uminho e constitui um dos principais vetores da sua estratégia de desenvolvimento.

 

Objetivos da mobilidade:

- Proporcionar uma oportunidade de valorização pessoal e profissional e permitir que beneficiem dos conhecimentos, cultura e experiência de diferentes Instituições de Ensino Superior de outros países europeus;

- Reforçar os laços entre Escolas de diferentes países e promover o intercâmbio de conhecimentos E de experiências incluindo a interculturalidade.