Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
EN PT

 

 

A Escola Superior de Enfermagem da Universidade do Minho é uma Escola de Ensino Superior vocacionada para a formação e o desenvolvimento da Enfermagem, tendo diplomado mais de 5.000 enfermeiros altamente qualificados.
Foi criada, em 1912, sob a dependência da Santa Casa da Misericórdia de Braga, denominava-se Escola de Enfermagem do Hospital de São Marcos.
Em maio de 1948 foi aprovado o seu primeiro Regulamento, passando a denominar-se Escola de Enfermagem Dr. Henrique Teles.
Em 29 de outubro de 1961 foi inaugurada a nova Escola, tendo sido o financiamento de construção e equipamento oferecido pela Fundação Calouste Gulbenkian, passando por isso a denominar-se Escola de Enfermagem de Calouste Gulbenkian. Foi oficializada, em 16 de novembro de 1977, passando a constituir um estabelecimento oficial dotado de autonomia técnica e administrativa.
Através do Decreto-Lei n.º 480/88, de 23 de dezembro, o Ensino de Enfermagem é integrado no Sistema Educativo Nacional a nível do Ensino Superior Politécnico. Neste contexto, a Escola é reconvertida em Escola Superior de Enfermagem, pela Portaria n.º 821/89, de 15 de setembro. Assim, em 1990 deu-se início à formação de nível superior, com o Curso Superior de Enfermagem, que conferia o grau de Bacharel.
Em 1995 e, pela aplicação do Decreto-Lei n.º 205/95, de 5 de agosto, a Escola passou a ser um estabelecimento de Ensino Superior Politécnico, dotado de personalidade jurídica e de autonomia administrativa, financeira, científica e pedagógica.
No ano letivo de 1999/2000, pela Portaria n º 799-D/99, de 18 de setembro, a Escola iniciou o Curso de Licenciatura em Enfermagem e, em julho de 2004, com a publicação do Decreto-Lei n.º 175/2004, a Escola Superior de Enfermagem foi integrada na Universidade do Minho.

A ESE-UMinho:

  • É uma Unidade Orgânica de Ensino e Investigação - UOEI - de natureza politécnica, que assegura o ensino graduado e pós graduado, a investigação e outros serviços especializados no âmbito da Enfermagem. É uma estrutura com órgãos e pessoal próprios através da qual a Universidade faz a afirmação da sua missão, na área do conhecimento da Enfermagem e domínios afins.
  • Congrega recursos humanos e materiais adequados ao desenvolvimento das suas atividades pedagógicas, científicas e técnicas no âmbito de projetos autónomos ou em parceria com outras Unidades, que se enquadrem na missão e objetivos da Universidade.
  • Constitui uma referência nacional e internacional no Ensino da Enfermagem, tendo recebido o Prémio de Honra à Excelência Educativa em 2006, atribuído pelo Conselho Ibero-Americano em Honra da Qualidade Educativa. O ensino carateriza-se pelo rigor e pela exigência, sendo de proximidade, tutorado em permanência. Investir numa formação sólida de base que promova o desenvolvimento científico, técnico, cultural, pessoal e ético dos estudantes tem sido uma preocupação constante a par de uma forte aposta na formação pós-graduada. Recebeu também, no dia 5 de dezembro de 2012, a Medalha Municipal de Mérito - Grau Ouro, atribuída pela Câmara Municipal de Braga, em reconhecimento do seu prestígio institucional. Desde setembro de 2012, a ESE é membro da Asociación Latinoamericana de Escuelas y Facultades de Enfermeria A.C. (ALADEFE). Em agosto de 2013, no México, foi agraciada com o Prêmio Sapientiæ a Excelência Educativa, outorgado pela Organização das Américas para a Excelência Educativa (ODAEE), obtendo, mais uma vez, reconhecimento internacional pela demonstração e pelos interesses contínuos em brindar uma formação de qualidade em benefício da Comunidade a que pertence.